Conheça a origem da fondue, deliciosa para os dias frios

Conheça a origem da fondue, deliciosa para os dias frios

O frio chegou e, com ele, a vontade de comer pratos típicos da estação. Um deles é a fondue, e o chef Antônio Filho, da LC Restaurantes, especializada em refeições coletivas, conta a história da origem do prato, dá dicas e receitas para você elaborar em casa.

Ao contrário do que muita gente acredita, fondue é uma palavra feminina que significa queijo fundido ou derretido. Originária da Suíça francesa, conta-se que no século 13 moradores dos Alpes Suíços tiveram uma superprodução de queijo que endureceu com o inverno. Para evitar a perda e conservá-los, derreteram o excesso produzido e acrescentaram Kirsch (bebida alcoólica de cereja produzida ali).

Em meio à Segunda Guerra Mundial, por causa das batalhas e do inverno rigoroso, os camponeses que moravam nas regiões montanhosas não tinham como buscar mantimentos nas cidades. Para não morrer de fome, eles aproveitavam os restos de queijo, já que eram produtores de leite e fabricavam muito queijo.

Com o principal ingrediente à mão e em fartura, acabaram inventando uma comida quente, simples, aborosa e nutritiva para aguentar o frio. A mistura ficava no fogo até derreter. Os camponeses, então, mergulhavam pedaços de pão no creme, enquanto borbulhava. A iguaria só ganhou fama na década de 50, quando o chef Conrad Egli, do restaurante Chalet Suísse, em Nova York, passou a servir o prato. Para complementar, criou a fondue de chocolate, que servia de sobremesa.

Para a fondue tradicional, além do queijo, você vai precisar de uma cesta de pão. Siga atentamente a receita que você escolheu e não há como errar. Se a fondue engrossar, aqueça a parte um pouco de vinho e despeje na massa sem parar de mexer. Se a fondue ficar mole, junte um pouco mais de queijo ralado, sem parar de mexer, até a massa encorpar.

Os queijos mais indicados para fazer a fondue são Emmenthal do allgau ou suíço; Bel paese; Cantal; heddar; Chester; Comté; Edam; Emmenthal; Fontina; Gouda; Gruyère; Mussarela; provolone e Tilsit.

Confira a receita do tradicional fondue de queijo
Ingredientes:

400 g de queijo gruyére ralado
200 g de queijo emmenthal ralado
1 dente de alho sem casca partido ao meio
1 xícara (chá) de vinho branco
1 colher (chá) de suco de limão
2 colheres (chá) de maisena
4 colheres (sopa) de leite
4 colheres (sopa) de vodca
3 pitadas de pimenta-do-reino
1 pitada de noz-moscada

Modo de Preparo:

Esfregue o alho na parte interna de uma panela própria para fondue.

Coloque o vinho e o suco de limão e leve ao fogo até amornar. Reduza o fogo, junte os queijos e mexa bem até começar a derreter. Adicione a maisena dissolvida no leite e continue a cozinhar, mexendo sem parar, em movimentos na forma de 8 para o queijo não ficar em ponto de fio.

Acrescente a vodca, a pimenta e a noz-moscada e misture por mais 2 minutos, ou até ficar cremoso.
Transfira a panela para o fogareiro e leve à mesa. A fondue deve continuar a ferver. Sirva com pedaços de pão, de preferência os de casca dura, como o pão italiano. Espete-os no garfo próprio para fondue e ergulhe no queijo.

 

Foto: Divulgação

 

Comente
Posts relacionados